01 de outubro de 2014
Página Inicial Crediminas Acesse sua conta Intranet

História

Em 05 de Setembro de 1986, após realização de uma assembléia / reunião contando com a participação de 25 produtores rurais e com o apoio da Cooperativa Regional dos Produtores Rurais de Sete Lagoas - COOPERSETE foi constituído o SICOOB CREDISETE.

O Sicoob Credisete em um imóvel emprestado pela diretoria da Cooperativa de Produtores de Leite inicia suas atividades em 01 de julho de 1987, por meio do convênio firmado com BNCC (Banco Nacional de Crédito Cooperativo),  sem  autorização de funcionamento do Banco Central, que adotou a política de não reconhecer as Cooperativas de Crédito existentes como Instituições Financeiras.

Uma das dificuldades encontradas pelos associados fundadores do SICOOB CREDISETE, bem como de outras cooperativas constituídas naquele período, era alcançar credibilidade e reconhecimento no mercado financeiro.

Em junho de 1988, o dinamismo destas cooperativas de crédito, propiciou a criação da Cooperativa de Central de Crédito de Minas Gerais SICOOB CENTRAL CREDIMINAS, que é o órgão responsável pela coordenação, centralização e representação das cooperativas associadas, o que foi um marco para o sistema cooperativista do Estado.

Aumento do quadro social (07/1988) - A Copersete - Cooperativa Regional de Produtores Rurais de Sete Lagoas Ltda, consegue aprovação em sua AGO para reverter suas sobras do exercício de 1987 a título de quotas-partes de seus associados junto o Sicoob Credisete, aumentando assim consideravelmente o quadro social da CREDI e respectivamente a de seu Patrimônio Líquido.

Em dezembro deste mesmo ano, o Sicoob Credisete recebeu a visita do Sr. Acir Fernandes de Morais, funcionário do Departamento de Fiscalização do BACEN, para fazer uma auditoria na cooperativa. Esse fato, aliado às outras ações junto ao Banco Central, culminou na liberação da Carta Patente que autorizou o funcionamento da Credisete  em dezembro de 1988.

Em fevereiro de 1990 - O presidente do SICOOB CREDISETE. Sr. Afonso Guimarães Costa, é convidado por lideranças cooperativistas a participar da administração da CREDIMINAS, para ocupar o cargo de Diretor Financeiro, permanecendo até 1993.

Com o fechamento do BNCC - Logo após tomar posse, o Presidente da República Fernando Collor de Melo, em um de seus primeiros atos, decreta a liquidação do BNCC e confisca os saldos disponíveis na instituição, inviabilizando a operacionalização da CREDISETE, bem como das demais. Com isso a Cooperativa manteve-se fechada por alguns dias, o que lhe causou problemas financeiros graves. Devido à mobilização de representantes de todo o segmento cooperativista no Brasil junto ao Congresso Nacional, os recursos das Cooperativas de Crédito foram liberados através do VOTO/79, assinado pela Ministra da Economia Zélia Cardoso de Mello.

Com o Convênio firmado entre o Banco do Brasil em junho de 1990 - Após várias tentativas em busca de outra instituição financeira para substituir o extinto BNCC, o SICOOB CREDISETE assina convênio com o BANCO DO BRASIL S/A, trazendo grande credibilidade a CREDI nos meios comerciais e financeiros da região, o que possibilitou o lançamento de uma campanha junto a seus associados para aporte de capital.

Em dezembro de 1990 – O SICOOB CREDISETE registra contabilmente sua primeira captação de fundos de aplicações financeiras (fundão) e depósitos a prazo, junto à associada CCPRMG-Itambé, sendo considerado  este, um marco histórico, pois se contrariou as normas do BACEN que impedia tal prática. Foi o trabalho da CREDIMINAS, através de seu departamento de Inspetoria, que conseguiu essa liberação junto ao Banco Central, resultando em  um grande crescimento do volume financeiro das cooperativas e consequentemente o fortalecimento do  cooperativismo de crédito no estado.

Em Outubro de 1991 -  O SICOOB CREDISETE recebeu uma homenagem da sociedade setelagoana como Instituição Financeira de destaque.

Em março de 1992 - Assume a presidência do SICOOB CREDISETE o Sr. Dílson José Dutra, que propôs como primeiro ato de sua gestão a reestruturação da cooperativa.

Em julho de 1992 – O SICOOB CREDISETE é convidado a participar juntamente com representantes de outras Credis do Grupo de Trabalho que elaborou o projeto da Centralização Financeira do Sistema.

Em 12 de Abril de 1993 – Inauguração do 1º PAC em Jequitibá.

Em julho de 1993 - O presidente Dílson José Dutra assume o cargo de vice-presidente da OCEMG.

Em Outubro de 1993 - Com o falecimento do presidente do SICOOB CREDISETE, Dílson José Dutra, assume provisoriamente o Cargo, o Diretor José de Andrade Fernandino até a AGO (Assembléia Geral Ordinária) realizada em dezembro, daquele ano elegeu como presidente o Dr. Carmélio Portilho Maciel.

Em 12 de Abril de 1995 - Inauguração do PAC de Capim Branco.

Em 10 de Dezembro de 1996 - Inauguração do PAC de Baldim.

Em 11 de Julho de 1997 - Inauguração do PAC de Santana de Pirapama.

Em Dezembro de 1997 –
Mas um marco e avanço para o sistema cooperativista do país, entra em funcionamento o BANCO COOPERATIVO DO BRASIL S/A – BANCOOB.

O SICOOB CREDISETE e as demais Cooperativas de Crédito do Sistema passam a operar com esta instituição financeira como seu braço financeiro. Nesta ocasião à cooperativa adquire também um imóvel para construção de sua sede própria.

Em 16 de Maio de 2001 - Assume a direção do SICOOB CREDISETE o Sr. Leonardo Chaves Costa, juntamente com o Sr. Ricardo Maurício Dutra França e o Sr. Warley da Silva Rocha. Dando seqüência à cultura expansionista dos PACS, que em 29 de Junho de 2001, Inaugurou o PAC em São Vicente.

Neste mesmo ano, aos 28 dias do mês de Setembro, a cidade de Fortuna de Minas, também recebeu a sua agência.

Em Fevereiro de 2002 - Ampliações da agência do SICOOB CREDISETE matriz.

Em Março de 2002 - Reinauguração das novas instalações do PAC de Jequitibá e Santana de Pirapama.

Em 21 de Novembro de 2003 - Inauguração da Sede Própria. “Um espaço amplo que leva conforto, segurança e comodidade aos associados”. Inauguração que foi marcada pela homenagem prestada ao 1º Presidente da Credisete Sr. Dílson José Dutra, onde o prédio recebeu o seu nome.

Em 02 de julho de 2004, inaugura o PAC no município de Funilândia.

Em 10 de Junho de 2006, inaugura também seu PAC na cidade de Inhaúma.

Toda essa modernidade e crescimento estão alinhados à ideologia dos fundadores e à premissa de trazer benefícios aos produtores rurais da região.

O Sicoob Credisete oferece hoje, todos os benefícios de uma instituição financeira com o diferencial de ser uma cooperativa. Trabalha com vários produtos, tais como:

Aplicações financeiras;

Poupança cooperada;

Diversas modalidades de empréstimos rurais e pessoais;

Seguros;

Plano de saúde;

Cartões;

Internet bank, financiamentos e;

Repasses rurais.

 
Agora com a livre admissão, nossa cooperativa passa a atender aos diversos segmentos de nossa sociedade inclusive pessoas jurídicas com produtos e serviços direcionados aos interesses e necessidades destes novos nichos de mercado.

Em 30 de Janeiro de 2009 – Inauguração do PAC “Afonso Guimarães Costa” em homenagem ao 1º Presidente da Credisete, esta agência terá o seu foco voltado para as pessoas jurídicas e com profissionais treinados para atendê-las.

Hoje, após 25 anos de sua fundação, a Cooperativa de Crédito de Sete Lagoas é reconhecida em todo o Estado e movimenta um volume de mais de 67 milhões em depósitos, com um patrimônio líquido de quase R$ 15 milhões, e aproximadamente 5.500 associados.

A credibilidade conquistada por todos os diretores do Sicoob Credisete durante os 23 anos de luta é uma vitória que estes compartilham com associados e parceiros. Porém, a Cooperativa de Crédito de Sete Lagoas sabedoras das dificuldades enfrentadas pelos produtores e trabalhadores da área rural em seu cotidiano, juntamente com a Cooperativa dos Produtores e os sindicatos rurais das cidades em que se faz presente reivindicam benefícios, direitos e melhorias para o setor. 

Mais do que uma Cooperativa de Crédito, o Sicoob Credisete é uma instituição que presta atendimento financeiro aos seus associados e suas comunidades, respeitando os princípios doutrinários do cooperativismo, valorizando o bem comum e a responsabilidade social.

Prova disso é a Gincana da Solidariedade, que acontece a cada três anos e tem como objetivo principal arrecadar alimentos para serem distribuídos nas comunidades carentes da região. No primeiro ano de gincana foram arrecadadas 8 toneladas de alimentos e em dezembro de 2006 a gincana atingiu a marca de 22 toneladas de alimentos, em 2009 realizamos a gincana de Páscoa, mais uma iniciativa de cunho social que usa alem do aprimoramento das relações interpessoais de nossos funcionários através da disputa das equipes, promover a doação de gêneros, roupas, agasalhos e cobertores que serão doados para instituições filantrópicas das cidades onde o Sicoob Credisete se encontra presente.

Responsabilidade social: este é um compromisso do Sicoob Credisete. Uma cooperativa de crédito que não vive somente do financeiro, mais possui um lado social forte, refletido também em seus funcionários, através de treinamentos mensais e incentivos aos estudantes universitários. “Assim, os funcionários estão bem treinados para realizarem um bom trabalho junto ao associado”.

Em 01 de Outubro de 2009 - passamos por um processo de Incorporação de uma “Cooperativa de Economia de Crédito Mútuo dos Comerciantes de Confecções de Sete Lagoas Ltda – então CREDILOJA, que hoje se juntou as demais agências do SICOOB CREDISETE, onde recebeu o nome do seu então Presidente, passado a ser chamada PAC “Marcílio Fernandino Tinoco”.

Mais uma oportunidade onde acolhemos aproximadamente 1.000 novos associados de outro segmento. Com isto esperamos diversificar ainda mais os nossos associados e cada vez mais atuar em diferentes segmentos.

Recentemente em 04 de Outubro de 2010 – Inauguramos a 4ª Agência em Sete Lagoas, situada à rua Santa Juliana, nº 3164 - Braz Filizola, mais um diferencial do SICOOB CREDISETE, sendo a primeira agência a prestar serviços financeiros nesta região.

Para o futuro, vários projetos. Entre eles a inauguração de mais dois Postos de Atendimento ao Cooperado (PAC) em Cachoeira da Prata e Prudente de Morais.


“Não podemos ser pequenos, temos um grande mercado a ser explorado e o sucesso será conquistado com dignidade, humildade e trabalho”. Palavras do presidente Sr. Leonardo Chaves Costa.

O ideal cooperativista que propiciou a fundação do SICOOB CREDISETE permaneceu inalterado ao longo desses 23 anos. Através de novas idéias e ações do sistema cooperativista SICOOB, com aprimoramento e reestruturação de processos operacionais e administrativos das cooperativas, o SICOOB CREDISETE vem crescendo e ficando cada vez mais forte na região.

A parcela dessa obra, que coube à atual Diretoria realizar, tem sido desafiadora, porém muito gratificante. O êxito alcançado é sem dúvida resultante do esforço, comprometimento e, principalmente, do trabalho executado com muita dedicação e afinco por toda a Equipe Sicoob Credisete.

Publicidade

 

© Copyright - 2010 - Credisete - Todos os direitos reservadosBy Paranet